Durante a manhã de quinta feira antes do Grande Prémio da Catalunha, a Honda apresentou a sua replica de MotoGP para andar em estrada.

A apresentação teve lugar hoje em Barcelona com a presença dos dois pilotos da marca Marc Marquez e Dani Pedrosa com o anfitrião Nick Harris, Dave Hancock, Líder de Desenvolvimento de Produtos, e Tetsuo Suzuki, presidente do HRC que pegou na história da marca que começou a competir na Ilha de Man em 1954, tinha na altura a dimensão de um pequeno fabricante local, para explicar como chegaram a este modelo.

A RC213V-S foi desenhada com o princípio da Honda de criar sempre motos muito fáceis de pilotar, e é dessa forma que uma moto que ganhou dois campeonatos consegue passar para a estrada. Com alguma graça, o director deste projecto, Yosuke Hasegawa, disse que a sua solução inicial para criar esta moto era muito simples. Sugeriu que bastava “pegar numa das motos de corrida e colocar uma matrícula”. Esta ideia levou-me ao ano de 2006 quando testei a RCV, com que Hayden venceu o Campeonato Mundial. O que mais me marcou, além do motor com uma resposta interminável, foi ser tão fácil de pilotar como uma Honda CBR600RR mas muito mais leve. Talvez Yosuke San não estivesse muito longe da verdade, mas sabemos que muito trabalho foi feito entretanto.

O preço na Europa é de 188.000 euros (antes de impostos). A Honda consegue fabricar apenas uma destas maravilhas por dia e estão apostados em produzir apenas até ao final do ano que vem. Para comprar esta moto têm de se registar num site específico para o modelo (www.rc213v-s.com) a partir de 13 de Julho, e serão os departamentos comerciais locais que irão levar a cabo o processo. Marc Marquez testou o modelo e diz que se têm sensações iguais as da moto com que corre no Mundial.

RC213V-S RC213V-S
RC213V-S RC213V-S
RC213V-S RC213V-S