Ao cabo de 14 anos de trabalho em conjunto no Campeonato do Mundo, Valentino Rossi e o seu Mecânico Chefe Jeremy Burgess vão separar-se após o Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana deste fim-de-semana.A dupla teve uma das mais frutuosas e bem sucedidas relações na história dos Grandes Prémios, conquistando sete títulos Mundiais em conjunto na categoria rainha.

Mas com Rossi à procura de novas influências no próximo ano na Yamaha Factory Racing, e incapaz de lutar com regularidade por vitórias este ano, o italiano vai ter novo Chefe de Equipa em 2014.

Rossi anunciou a decisão na conferência de imprensa de quinta-feira em Valência, dizendo: “Não é que não esteja satisfeito com Jeremy, mas é verdade que no próximo ano ele não vai ser o meu Mecânico Chefe. Foi uma decisão muito difícil para mim porque tenho uma grande história com ele. Não é apenas o meu mecânico chefe, mas uma parte da minha família e o meu pai das corridas.”

“Mas decidi que no próximo ano tenho de mudar alguma coisa para tentar encontrar nova motivação para ter melhorar o meu nível e velocidade. Assim, esta será a minha última corrida em conjunto com o Jeremy.”

‘The Doctor’ disse ainda: “Falámos hoje, cara a cara. O próximo ano vai ser crucial e preciso de motivação. Nas últimas corridas senti que queria trabalhar numa direcção diferente. É sempre uma decisão difícil de tomar. A Yamaha perguntou-me há algum tempo, mas tomei a decisão recentemente.”

“O que tenho em mente agora é tentar algo novo. Sempre fiz isso na minha carreira. No próximo ano tenho de merecer uma renovação com a Yamaha, pelo que tenho de estar competitivo. Ainda não sei quem vai ser o meu mecânico chefe.”

Parece que a Suzuki se prepara para responder a esta pergunta já no salão de Milão, como a apresentação da concept bike Recursion. Esta é uma moto semicarenada de espírito levemente desportivo, com um motor bicilíndrico de 588 cc de dimensões bastante reduzidas que deverá ter outras tecnologias na alimentação como injecção directa para conseguir consumos e emissões poluentes baixas. Já não falta muito para sabermos tudo sobre ela, as portas do Salão de Milão abrem e menos de 24 h.