A Suzuki apresentou os seus pilotos que irão concorrer no Nacional de MX e no Nacional de Enduro.

Depois de vários anos a participar no Mundial de Enduro, Luis Correia abraça um novo projecto juntamente com a equipa GugaMX, regressando à marca com que já correu no passado.

s2

Para o piloto “é o abraçar de um projecto novo, muito ambicioso, e que marca também o meu regresso ao motocross e a Portugal a tempo inteiro. Em causa está a discussão dos títulos de MX1 e Elite, uma tarefa difícil mas também um desafio acrescido pelo facto de estarem na posse da mesma pessoa desde há algum tempo. Destronar quem está no topo é sempre muito complicado e apesar de haver bastante experiência da minha parte, não será fácil pois não estou nesta modalidade há quatro anos, mas vamos fazer todos os possíveis para que isso se concretize”.

s3

Para competir no Nacional de Enduro a Suzuki aposta em André Martins, uma jovem promessa da modalidade que tem vindo a acumular resultados muito positivos e que a marca vê como um dos representantes de uma nova geração de pilotos. Já André espera “fazer uma boa temporada de enduro, sem lesões e tentando lutar pelas posições cimeiras na classe Enduro 1, procurando também realizar boas presenças nas provas internacionais em que tenho previsto participar, no europeu e no mundial. Naturalmente, espero também dar nas vistas perante a federação, pois um dos meus grandes sonhos é fazer parte da selecção nacional nos seis dias”.

Estão assim lançados os dados para as próximas épocas de MX e Enduro da Suzuki no nosso país e que prometem levantar muito pó e ajudar à competitividade e atractividade destas duas modalidades.

s4 s5 s6